{lang: 'pt-BR'}

Não foi só o Facebook que resolveu dar um upgrade em sua ferramenta de webanalytics, o antigo Youtube Insights, agora conhecido como Youtube Analytics, também mudou e apresenta diversas opções para a mensuração de resultados e representações gráficas dos dados coletados nesta mídia. Abaixo, seguem algumas das principais mudanças:

1. Interface com identidade visual do novo Youtube:

 

2. Relatórios de Visualizações

Na aba de Relatórios de Visualizações, os usuários terão acesso a 5 grupos de dados (em sua maioria, dados que nos remetem a indicadores de desempenho como alcance e adequação):

a) Visualizações – Apresenta dados quantitativos de visualizações ao longo do tempo, através de gráfico de linha (Volume x Tempo) ou Mapa (Localização geográfica), sendo possível customizar o período de análise (Data).

b) Informações Demográficas – Dados sobre idade e gênero dos usuários (logados) que visualizaram os vídeos do canal. Também é possível obter o cruzamento dos dados de idade e gênero por localização geográfica.

c) Locais de Reprodução -Nesta aba, o usuário tem acesso aos dados referentes às páginas e/ou sites nos quais os vídeos do canal avaliado foram vistos.

 

d) Origens do Tráfego – Aqui o usuário pode investigar quais foram as formas que levaram o espectador a encontrar os vídeos do canal, desde visualizações que ocorreram no Youtube (Vídeo Sugerido no Youtube, Pesquisa do Youtube etc.), fora do Youtube (pesquisa do google, site externo etc.).

e) Retenção do Público – Em Retenção do Público, o Youtube fornece dois dados: 1) Retenção absoluta do público (refere-se às visualizações de cada momento do vídeo como uma porcentagem do número de visualizações do início do vídeo. Assistir novamente a uma parte específica do vídeo elevará o nível do gráfico (talvez acima de 100%), enquanto avançar ou abandonar o vídeo causará queda no gráfico). 2) Retenção Relativa do Público (A retenção relativa de público mostra a capacidade de seu vídeo de manter espectadores durante a exibição em comparação com todos os vídeos do YouTube de duração semelhante. Quanto maior o gráfico em determinado momento, maior o número de espectadores que assistiram a seu vídeo durante os segundos anteriores, em comparação com outros vídeos no mesmo momento da exibição. Assistir novamente a uma parte específica do vídeo elevará o nível do gráfico, enquanto avançar ou abandonar o vídeo causará queda no gráfico).

3. Relatórios de Envolvimento

Os relatórios de envolvimento, por sua vez, levam em consideração dados que podem remeter, em geral, a indicadores de desempenho relacionados ao engajamento e influência. Nesta aba, o Youtube apresenta 5 grupos de dados que podem ser vistos em gráficos de linha (volume x tempo) ou através da opção Mapa (com a localização geográfica):

a) Inscritos - dados acerca dos assinantes obtidos ao longo de um determinado período (ou seja, número total de vezes que os usuários se inscreveram neste canal para o período e a região selecionados) e inscritos (número total de vezes que os usuários cancelaram inscrições neste canal para a faixa de data e região selecionadas).

b) Gostam e Não Gostam – Esta aba permite verificar, de forma prática, a taxa de “Gostei” e “Não Gostei” recebidos ao longo do tempo. É possível verificar dados globais do canal ou verificar vídeo por vídeo.

c) Favoritos – É possível acompanhar o número de favoritos adicionados e removidos, possibilitando uma análise qualitativa dos vídeos e do canal.

d) Comentários – Quantidade de comentários recebidos, ao longo de um determinado período, no canal e nos vídeos (individualmente), permitindo uma comparação na taxa de engajamento dos materiais publicados.

e) Compartilhamento – Quantidade de compartilhamentos realizados, ao longo de um determinado período. Também é possível averiguar individualmente a quantidade de compartilhamentos de cada vídeo.

Ps.: Para quem deseja realizar cruzamentos e/ou avaliações fora da ferramenta, o Youtube Analytics possui a opção de exportação de todos os dados coletados através do botão “Download Report“.


    Comentários | Trackback |
    Post Tags: , , , , , , , ,

    +Posts


    Comentários ( 2 )

    Wow!

    Já tava na hora do Google dar certa atenção pro youtube nesse ponto!

    Excelente post!

    Edson Caldas Jr. comentou em dez 12 11 at 17:06

    Adorei este texto. Vou voltar a analisar este blog!

    Dustin Farahkhan comentou em mar 16 12 at 17:29

    Adicione um Comentário


    XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


    © Copyright 2011 Blog da PaperCliQ